Utilizando-se do Twitter, o Presidente eleito comunica que irá modificar a legislação atual de posse de armas que possui entraves burocráticos expressivos que praticamente implicam numa proibição informal, facilitando o processo de solicitação de posse mediante decreto, modificando assim a legislação.

Após o estatuto do desarmamento, o número de homicídios por armas de fogo cresceu em 346% com uma queda de 90% do comércio de armas, provando-se ser um fracasso completo e transgredindo o direito democrático brasileiro que optou pela possibilidade de adquirir a posse mediante o referendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba o melhor do conteúdo livre!

Seja notificado das nossas principais notícias!

Você também poderá gostar

Folha de SP mente sobre equipamentos israelenses

Notícia foi desmentida pelo próprio porta-voz do Corpo de Bombeiros, afirmando que…

Bandido que incendiou posto ameaça Bolsonaro

Um bandido que ateou fogo em posto de gasolina no Ceará proferiu…