Após anúncio do futuro chanceler na quarta-feira, dia 14, o diplomata Ernesto Araújo recebe uma série de ataques coordenados propagados pela grande mídia tradicional vasculhando todos os seus textos, compilando-os de maneira recortada e desconexa com o intuito de confundir a opinião pública e manchar mais uma vez uma escolha acertada do Presidente eleito, Jair Bolsonaro.

O portal de notícias, O Globo, chegou a publicar uma matéria suscitando um conflito inexistente entre Paulo Guedes e o futuro chanceler confundindo conceitos da ciência política como se “globalismo” – enquanto uma força política supranacional centralizadora – com “globalização”, uma realidade econômica comercial e cooperativa entre nações.

Se há um ataque coordenado e deliberado da grande mídia em boicotar a escolha e manipular a opinião pública contra o futuro chanceler, então a escolha de fato foi acertada. Ernesto Araújo é um diplomata com posicionamentos estratégicos claros em aliança aos EUA e com duras críticas à centralização de poder por mecanismos supranacionais que dissolvem paulatinamente as soberanias nacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba o melhor do conteúdo livre!

Seja notificado das nossas principais notícias!

Você também poderá gostar

Durante entrevista à Fox News, Trump fala de acordo com Bolsonaro e diz: “temos 267 bilhões esperando.”

Em sua última entrevista concedida à apresentadora Laura Ingraham, do canal Fox…

Ombudsman da Folha de SP admite erro na matéria que acusava Bolsonaro de caixa 2

Durante a comum euforia na disputa pela Presidência no segundo turno, a…

Alexandr Dugin, conselheiro de Putin, declara apoio à esquerda no Brasil após vitória de Bolsonaro

Após as eleições brasileiras terminarem com a grande vitória do candidato Jair…

Apreensão do transcendente: uma conversa entre Roger Scruton e Jordan Peterson

Por André Assi Barreto,     Roger Scruton e Jordan Peterson se…