Em evento promovido em Nova York, o ex-prefeito e candidato derrotado à Presidência, Fernando Haddad, avaliou crescimento econômico com fortes indicadores positivos numa eventual agenda liberal de Bolsonaro, comparando a situação com o primeiro mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e as privatizações.

O candidato aproveitou o evento para direcionar críticas ao juiz Sérgio Moro, demonstrando suas suspeitas por ele ter sido indicado para o superministério da Justiça, suscitando mais uma teoria conspiratória mirabolante que não poderia faltar no vocabulário e na narrativa petista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba o melhor do conteúdo livre!

Seja notificado das nossas principais notícias!

Você também poderá gostar

Ombudsman da Folha de SP admite erro na matéria que acusava Bolsonaro de caixa 2

Durante a comum euforia na disputa pela Presidência no segundo turno, a…

Folha de SP divulga fake news sobre retirada de imagens católicas por Michelle Bolsonaro

O Presidente eleito, Jair Bolsonaro, veio à público mediante redes sociais para…

Feminista incentiva mulheres a jogarem água nos homens em transportes públicos

O canal norte-americano DC Shorts publicou um vídeo em que uma feminista…

General Villas Bôas revela que o exército esteve “no limite” com julgamento do Lula

Neste domingo (11), em entrevista concedida à Folha de São Paulo, o…